quinta-feira, 12 de março de 2009

Sorte!?!

Bom! Segundo o que me aconteceu hoje só posso dizer que é estranho e devo mesmo andar em maré de sorte. Primeiro foi o copinho que ganhei com uma raspadinha que me deram na bomba de gasolina, hoje foram umas colunas para mp3 que me saíu num restaurante de Fast Food.

Hummm! É de estranhar. Já começo a olhar para a minha própria sombra. Desconfiada!

Entretanto, ao regressar hoje a casa e após 12 horas longe dela ía matando duas raparigas que literalmente se atiraram para a passadeira, dando-me muito pouco tempo para travar. Mas lá travei e elas passaram. Não ganharam para o susto! Ainda pediram desculpa e eu fiz aquela cara de condescendência quando na verdade só me deu vontade de lhes dizer uns quantos palavrões. Mas não digo porque sou uma princesa e as princesas não dizem palavrões.
Espero que tenham aprendido que antes de atravessar à maluca na passadeira é necessário parar e olhar para os dois lados. Eu como peão faço isto, mas aqui na margem sul, pelo que tenho andado a ver anda-se a perder esta norma essencial.
Eu, que vou na minha vidinha é que tenho que imaginar se aquelas "avestruzes" vão passar ou não na passadeira, porque não há nada que indique tal acto. Pois digo-vos que tenho mais o que fazer. Não tenham cuidado não. Qualquer dia ainda vos corto as unhas dos pés...

3 comentários:

Eu mesma! disse...

Bem....
andamos mesmo em maré de sorte!!!!!

Mas andamos a frequentar muitos restaurantes de fast food não??????

Beijinhos

Vekiki disse...

É das coisas que mais me passam pela cabeça enquanto conduzo - se algum peão amalucado se atira para a frente do carro. Tenho um medo que me "pelo"!!!

Vanessa. disse...

Bem, isso é que se chama: andar em maré de sorte. Quem dera que continues assim querida :)