terça-feira, 14 de agosto de 2007

Na Solidão


Na Solidão encontro a minha paz,
Na Solidão encontro-me,
Na Solidão protejo-me,
Obrigada por existires minha querida Solidão,
Obrigada por me dares a mão sempre que preciso,
Obrigada por me protegeres de quem me quer mal,
É em ti que confio os meus pensamentos e os meus desejos,
És onde eu guardo o que de mais precioso possuo,
Amiga Solidão...

1 comentário:

~the girl with no name~ disse...

Olá! Desculpa a invasão, mas tenho de dizer que adorei este blog! Parabéns e Continua ;)*