terça-feira, 6 de janeiro de 2009

Boas Novas em Dia de Reis



Então? Esse dia de Reis? Comeram muito Bolo Rei. Cá eu, lá no emprego, foi de manhã e à tarde! Nunca vi tanto Bolo Rei junto... minto, já vi nos expositores das pastelarias e supermercados. Mas ali, no meu emprego não!

Neste belo dia, lá fui eu toda contente para a faculdade mal saí do meu emprego e eis senão quando me deparo com uma boa nova, digna de uma fava, entalada num buraco de um dente que já doía, de Bolo Rei:

-Tenho um trabalho importantíssimo para fazer e não sei qual tema escolher... o pior é que tenho de entregar até ao final de Janeiro.

- Tenho mesmo que o fazer senão chumbo à disciplina...que não é mais do que um Seminário!

Vim para casa muito mais contente e animada!

6 comentários:

Vânia Sofia disse...

Imagino :-s

gimbras.nofuturo.com disse...

Ena, tou a ver que n fui o único a lembrar-me deste importante dia!

O Pinoka disse...

Não sou grande apreciador de Bolo Rei mas não é por isso que não ando entupido de calorias. Desde o inicio de Dezembro que tem sido uma desgraça. Tenho que acabar com isto rapidamente…

Beijocas

Viriato Libertador disse...

Olha não entendo porque é que retiraram a fava do Bolo Rei. Em abono da verdade alguns têm outros não. Até já ouvi dizer que vendem o dito cujo a "metro" numa pastelaria por aí. As tradições são para se manter e fazem parte da nossa identidade portugesa.

O Bolo Rei tem de ter um buraco no meio, ter 1 brinde e uma fava.

Cumprimentos.

Dina disse...

Não pode ser sobre bolo rei e o facto do bolo rei não ter nada a ver com os reis magos??

Viriato Libertador disse...

Não sei... mas "...o bolo é carregado de simbologia representando os presentes que os Reis Magos ofereceram ao Menino recém-nascido.
A festa de Reis começou a ser celebrada na corte dos reis de França e o bolo-rei terá surgido no reinado de Luís XIV, para as festas do Ano Novo e do dia de Reis.
Em Portugal, este bolo começou a ser confeccionado quando Baltasar Castanheira Júnior, filho do fundador da Confeitaria Nacional, nos finais do século XIX, trouxe para Lisboa a receita deste famoso bolo.
Mais tarde, passou a ser confeccionado em todas as confeitarias da capital e tornou-se o bolo mais vendido nesta época do ano."

Copiei isto que encontrei por aí. Também nem sei se foi assim que apareceu o bolo rei.