terça-feira, 23 de fevereiro de 2010

O que é pior


Não sei se é estar com uma enorme gripe ou ter que levar com os programinhas deprimentes que dão da parte da tarde para os reformados...
Então agora com o que aconteceu na Madeira. É vê-los alegremente a explorar o infortúnio alheio. O que vale é que, com a moca dos comprimidos, passo a maior parte do tempo a dormir.

1 comentário:

Su disse...

Sim, pois... a malta gosta das desgraças.

As melhoras ;)